Skip links

Conheça os benefícios do convênio CEL-Escola Chinesa do Rio de Janeiro

Ao longo dos anos, a educação na China tem se destacado como uma das melhores do mundo, sendo um dos motores que impulsionaram o crescimento do país nas últimas décadas. No Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), exame realizado pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), é frequente a participação do país entre os primeiros colocados.

No início de 2019, o CEL firmou um convênio com a Escola Chinesa do Rio de Janeiro, com o objetivo de preparar os alunos para os desafios do futuro. A parceria prevê atividades extracurriculares voltadas para a educação e cultura do país oriental em todas as quatro unidades do CEL.

Entenda como vai funcionar o convênio CEL-Escola Chinesa do Rio de Janeiro e saiba quais são os principais benefícios para os alunos e pais.

Por que a China?

Nas últimas décadas a China tem alcançado lugar de destaque no cenário mundial. A previsão é que já em 2030 o país assuma o posto de maior economia do mundo.

Hoje, a China é a maior parceira comercial e investidora do Brasil. Em 10 anos, já foram injetados mais de US$ 50 bilhões em nosso país de acordo com levantamento do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC).

A expectativa é que nos próximos anos o volume de investimentos se intensifique. Com isso, crescerá a demanda por profissionais qualificados que entendam o idioma e a cultura chinesa. Serão oportunidades para os setores estratégicos como telecomunicações, infraestrutura e energia.

Cursos

Em conjunto com a Escola Chinesa do Rio de Janeiro, o CEL elaborou uma série de cursos que visam a preparação para os desafios dos próximos anos. As aulas acontecerão sempre no contraturno do aluno, não prejudicando o desenvolvimento escolar.

Até 2020 serão diversas opções, com faixa etária a partir de 3 anos, dependendo da modalidade desejada. Entre os cursos de aprendizado do idioma está o ‘Chinês como língua estrangeira para alunos da Educação Básica’, disponível a partir de março em todas as unidades.

O CEL também passa a oferecer desde março nas unidades Barra e Maria Angélica o ‘Chinês como língua estrangeira para adultos’, voltado para pessoas com mais de 18 anos que queiram aprender o idioma.

A Matemática tem uma forte influência na educação chinesa, sendo reconhecida como um dos destaques no ensino do país asiático. O convênio também traz aulas com o objetivo de aperfeiçoar a habilidade na disciplina. ‘Matemática Chinesa Básica’, ‘Olimpíada de Matemática’ e ‘Ábaco e Aritmética Mental’ estão entre as opções com início previsto em maio de 2019.

O Kung Fu, arte marcial milenar reconhecida por melhorar a concentração e o condicionamento físico, estará disponível em todas as unidades do CEL.

Método Montessori

Maria Montessori (1870-1952) foi a primeira mulher a se formar em Medicina na Itália. No entanto, ela ficou conhecida por desenvolver uma nova forma de ensinar. A metodologia Montessori ganhou adeptos ao redor do mundo.

A unidade Barra foi reformada em 2019 para receber a primeira turma opcional de Educação Infantil do CEL a adotar a filosofia Montessori. Nela, ficam agrupados alunos de 4 a 5 anos supervisionados por uma professora chinesa e uma brasileira.

O método desperta a busca pelo conhecimento de uma maneira única, incentivando a autonomia e a individualidade do aluno. Na sala tudo está ao alcance das mãos: do mobiliário aos livros, assim como todo o material usado nas atividades. O professor atua não como um centralizador do conhecimento, mas ajudando a criança a evoluir conforme descobre novas atividades.

Vale deixar claro que o CEL Barra da Tijuca continuar a oferecer a Educação Infantil regular para toda a faixa etária desse segmento. O método Montessori é uma opção de escolha para os pais. Ambas as metodologias, regular e Montessori, cumprem bem os objetivos educacionais, cada uma de forma um pouco distinta, mas equivalentes com relação ao resultado. Cabe à família decidir qual se adéqua melhor à sua preferência.

Ensino médio

O convênio entre as duas instituições também irá preparar jovens do Ensino Médio a ingressarem nas melhores universidades chinesas. O CEL vai oferecer um curso intensivo de Mandarim para aqueles que desejam obter um bom resultado no HSK, o certificado de proficiência desse idioma, exigido pelas faculdades do país.

Estudar em uma universidade de ponta na China representa uma oportunidade única. O país possui 62 instituições entre as 500 melhores do mundo, de acordo com o ranking da Shanghai Consultancy.

Por contar com o apoio do consulado chinês no Brasil, o objetivo é que em um futuro próximo o convênio também possa ajudar na conquista de bolsas de estudo para os alunos que desejam estudar na China.

“Visamos não só promover a cultura tradicional chinesa, mas também cultivar talentos que contribuam de forma notável para o desenvolvimento econômico dos dois países”, projeta Yuan Aiping, diretora da Escola Chinesa do Rio de Janeiro e coordenadora do convênio.

Quer mais detalhes sobre as atividades ligadas à educação e cultura chinesa? Ligue para o CEL Atende (21) 2266-3660, agende uma visita ou procure a secretaria da sua unidade.

Portal Acadêmico

Para acessar o Portal Acadêmico insira seu usuário e senha.

Dúvidas? Envie um e-mail para: [email protected]

Portal acadêmico em manutenção.


No momento o serviço está fora do ar para uma manutenção obrigatória.
Agradecemos sua paciência enquanto realizamos as mudanças necessárias.

You have Successfully Subscribed!