fase-da-omu-sera-realizada-on-line

Estudantes do CEL Intercultural School vão à 3ª etapa em competição da Unicamp

Duas equipes de estudantes do CEL Intercultural School alcançaram um lugar de destaque na 36ª edição da OMU (Olimpíada de Matemática da Unicamp) e vão representar o município do Rio de Janeiro na terceira e última etapa da competição.

A equipe “DUPLA”, composta pelas estudantes Carolina Franck Abdu e Giulia Tafuri Rodrigues da Silva, compete na categoria “Nível Alfa”. Nela, concorrem estudantes matriculados no 8º e 9º anos do Ensino Fundamental de todo o Brasil.

De acordo com a Coordenadora-Geral do Ensino Fundamental II do CEL Intercultural School, somente três grupos locais conseguiram chegar à terceira etapa desse nível.

Já na categoria “Nível Beta”, para estudantes do Ensino Médio, são apenas 10 times do Rio na 3ª etapa. Um deles é o “Ponto de Equilíbrio”, formado por Isabella Siciliano Guimarães, Júlia Rebelo Soares, Maria Eduarda Mourthé Teixeira e Miguel Pirilli Peixe.

Sobre a OMU

A OMU é uma competição promovida pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas),  para estudantes do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e dos três anos escolares do Ensino Médio matriculados em escolas regulares, públicas ou privadas, de todo o Brasil.

Contemplando dois níveis de prova (“Alfa”, para 8º e 9º ano do Ensino Fundamental; e “Beta”, para Ensino Médio) e composta por três fases, em sua 36ª edição, a Olimpíada foi realizada integralmente em ambiente virtual.

Segundo a Comissão Organizadora da competição, as provas da terceira etapa serão liberadas às 00h01 desta sexta-feira, 27 de Novembro, no site oficial da OMU. O resultado final será divulgado no mesmo endereço, no dia 14 de Dezembro. 

Ao final da terceira etapa, quatro equipes de cada nível serão premiadas com medalhas de ouro; oito, com medalhas de prata; e 12, com medalhas de bronze. As equipes que se destaquem pela qualidade de redação também serão agraciadas com essas honrarias.

 

Outras informações:

Assessoria de Imprensa

Gabriel Ribeiro: [email protected]

Rolar para cima

Portal Acadêmico

Para acessar o Portal Acadêmico insira seu usuário e senha.

Dúvidas? Envie um e-mail para: [email protected]

Portal acadêmico em manutenção.


No momento o serviço está fora do ar para uma manutenção obrigatória.
Agradecemos sua paciência enquanto realizamos as mudanças necessárias.

Nossa história

“O CEL nasceu de um grande ideal e de uma grande paixão pela educação. De uma paixão que antecede a minha própria história. História de Antônia Vargas Cuquejo, a avó do CEL. A grande avó que, além de educar, trazia sonhos contando histórias. Antônia Vargas Cuquejo, fundadora do CEL, ajudava a realizar os sonhos.

A história do CEL está, também, ligada à história da vida de Antônio Fernandes Cuquejo nosso querido fundador.

Falar do CEL é falar da pipa vermelha. A pipa é o símbolo do CEL.

É vermelha porque representa a ação, a luta, a coragem, o dinamismo, o sangue, o guerreiro, a força, a fé e o amor.

Quando idealizei a pipa como símbolo para o CEL estava pensando em educação. A pipa anseia por grandes voos, pela liberdade… Mas como é feita de material muito delicado não pode ser exposta sem cuidados. A pipa precisa ser resguardada das intempéries da vida. Precisa ser recolhida diante dos grandes perigos.”

“Aos quatorze anos, cheia de sonhos, comecei a trabalhar numa pequena escola. Alimentados os sonhos, apaixonei-me. Tornou-se, então, impossível libertar-me dessa paixão pela educação.

Cada vez mais acreditando, segui. Continuei… 

Então, o CEL nasceu. Nasceu há mais de três décadas. Nasceu numa casa no Jardim Botânico. Éramos, então, uma pequena constelação. Uma constelação de apenas treze estrelas, mas com uma marca muito forte. Uma marca determinada com direção ascendente.

É porque acreditamos tanto no CEL…

É porque cuidamos tanto do CEL…

Tenho certeza de que daqui a alguns anos, olharemos para o céu e, a olho nu, poderemos constatar uma nova constelação – A Pipa.

As estrelas são vocês, professores e alunos que tanto ajudaram a construir o CEL. Muito obrigada por tudo.” 

Eliete Baptista Lopes

Fundadora do colégio

Agende sua visita!