Conheça os benefícios do convênio CEL-Escola Chinesa do Rio de Janeiro

Ao longo dos anos, a educação na China tem se destacado como uma das melhores do mundo, sendo um dos motores que impulsionaram o crescimento do país nas últimas décadas. No Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), exame realizado pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), é frequente a participação do país entre os primeiros colocados.

No início de 2019, o CEL firmou um convênio com a Escola Chinesa do Rio de Janeiro, com o objetivo de preparar os alunos para os desafios do futuro. A parceria prevê atividades extracurriculares voltadas para a educação e cultura do país oriental em todas as quatro unidades do CEL.

Entenda como vai funcionar o convênio CEL-Escola Chinesa do Rio de Janeiro e saiba quais são os principais benefícios para os alunos e pais.

Por que a China?

Nas últimas décadas a China tem alcançado lugar de destaque no cenário mundial. A previsão é que já em 2030 o país assuma o posto de maior economia do mundo.

Hoje, a China é a maior parceira comercial e investidora do Brasil. Em 10 anos, já foram injetados mais de US$ 50 bilhões em nosso país de acordo com levantamento do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC).

A expectativa é que nos próximos anos o volume de investimentos se intensifique. Com isso, crescerá a demanda por profissionais qualificados que entendam o idioma e a cultura chinesa. Serão oportunidades para os setores estratégicos como telecomunicações, infraestrutura e energia.

Cursos

Em conjunto com a Escola Chinesa do Rio de Janeiro, o CEL elaborou uma série de cursos que visam a preparação para os desafios dos próximos anos. As aulas acontecerão sempre no contraturno do aluno, não prejudicando o desenvolvimento escolar.

Até 2020 serão diversas opções, com faixa etária a partir de 3 anos, dependendo da modalidade desejada. Entre os cursos de aprendizado do idioma está o ‘Chinês como língua estrangeira para alunos da Educação Básica’, disponível a partir de março em todas as unidades.

O CEL também passa a oferecer desde março nas unidades Barra e Maria Angélica o ‘Chinês como língua estrangeira para adultos’, voltado para pessoas com mais de 18 anos que queiram aprender o idioma.

A Matemática tem uma forte influência na educação chinesa, sendo reconhecida como um dos destaques no ensino do país asiático. O convênio também traz aulas com o objetivo de aperfeiçoar a habilidade na disciplina. ‘Matemática Chinesa Básica’, ‘Olimpíada de Matemática’ e ‘Ábaco e Aritmética Mental’ estão entre as opções com início previsto em maio de 2019.

O Kung Fu, arte marcial milenar reconhecida por melhorar a concentração e o condicionamento físico, estará disponível em todas as unidades do CEL.

Método Montessori

Maria Montessori (1870-1952) foi a primeira mulher a se formar em Medicina na Itália. No entanto, ela ficou conhecida por desenvolver uma nova forma de ensinar. A metodologia Montessori ganhou adeptos ao redor do mundo.

A unidade Barra foi reformada em 2019 para receber a primeira turma opcional de Educação Infantil do CEL a adotar a filosofia Montessori. Nela, ficam agrupados alunos de 4 a 5 anos supervisionados por uma professora chinesa e uma brasileira.

O método desperta a busca pelo conhecimento de uma maneira única, incentivando a autonomia e a individualidade do aluno. Na sala tudo está ao alcance das mãos: do mobiliário aos livros, assim como todo o material usado nas atividades. O professor atua não como um centralizador do conhecimento, mas ajudando a criança a evoluir conforme descobre novas atividades.

Vale deixar claro que o CEL Barra da Tijuca continuar a oferecer a Educação Infantil regular para toda a faixa etária desse segmento. O método Montessori é uma opção de escolha para os pais. Ambas as metodologias, regular e Montessori, cumprem bem os objetivos educacionais, cada uma de forma um pouco distinta, mas equivalentes com relação ao resultado. Cabe à família decidir qual se adéqua melhor à sua preferência.

Ensino médio

O convênio entre as duas instituições também irá preparar jovens do Ensino Médio a ingressarem nas melhores universidades chinesas. O CEL vai oferecer um curso intensivo de Mandarim para aqueles que desejam obter um bom resultado no HSK, o certificado de proficiência desse idioma, exigido pelas faculdades do país.

Estudar em uma universidade de ponta na China representa uma oportunidade única. O país possui 62 instituições entre as 500 melhores do mundo, de acordo com o ranking da Shanghai Consultancy.

Por contar com o apoio do consulado chinês no Brasil, o objetivo é que em um futuro próximo o convênio também possa ajudar na conquista de bolsas de estudo para os alunos que desejam estudar na China.

“Visamos não só promover a cultura tradicional chinesa, mas também cultivar talentos que contribuam de forma notável para o desenvolvimento econômico dos dois países”, projeta Yuan Aiping, diretora da Escola Chinesa do Rio de Janeiro e coordenadora do convênio.

Quer mais detalhes sobre as atividades ligadas à educação e cultura chinesa? Ligue para o CEL Atende (21) 2266-3660, agende uma visita ou procure a secretaria da sua unidade.

Rolar para cima

Portal Acadêmico

Para acessar o Portal Acadêmico insira seu usuário e senha.

Dúvidas? Envie um e-mail para: [email protected]

Portal acadêmico em manutenção.


No momento o serviço está fora do ar para uma manutenção obrigatória.
Agradecemos sua paciência enquanto realizamos as mudanças necessárias.

Nossa história

“O CEL nasceu de um grande ideal e de uma grande paixão pela educação. De uma paixão que antecede a minha própria história. História de Antônia Vargas Cuquejo, a avó do CEL. A grande avó que, além de educar, trazia sonhos contando histórias. Antônia Vargas Cuquejo, fundadora do CEL, ajudava a realizar os sonhos.

A história do CEL está, também, ligada à história da vida de Antônio Fernandes Cuquejo nosso querido fundador.

Falar do CEL é falar da pipa vermelha. A pipa é o símbolo do CEL.

É vermelha porque representa a ação, a luta, a coragem, o dinamismo, o sangue, o guerreiro, a força, a fé e o amor.

Quando idealizei a pipa como símbolo para o CEL estava pensando em educação. A pipa anseia por grandes voos, pela liberdade… Mas como é feita de material muito delicado não pode ser exposta sem cuidados. A pipa precisa ser resguardada das intempéries da vida. Precisa ser recolhida diante dos grandes perigos.”

“Aos quatorze anos, cheia de sonhos, comecei a trabalhar numa pequena escola. Alimentados os sonhos, apaixonei-me. Tornou-se, então, impossível libertar-me dessa paixão pela educação.

Cada vez mais acreditando, segui. Continuei… 

Então, o CEL nasceu. Nasceu há mais de três décadas. Nasceu numa casa no Jardim Botânico. Éramos, então, uma pequena constelação. Uma constelação de apenas treze estrelas, mas com uma marca muito forte. Uma marca determinada com direção ascendente.

É porque acreditamos tanto no CEL…

É porque cuidamos tanto do CEL…

Tenho certeza de que daqui a alguns anos, olharemos para o céu e, a olho nu, poderemos constatar uma nova constelação – A Pipa.

As estrelas são vocês, professores e alunos que tanto ajudaram a construir o CEL. Muito obrigada por tudo.” 

Eliete Baptista Lopes

Fundadora do colégio

Agende sua visita!